logo

10/1/2017 17:32

Chegada de Barbosa e recuperação de Mayke acirram disputas nas laterais do Cruzeiro

Mano elogiou jogadores, mas sem esquecer dos outros atletas da posição

Chegada de Barbosa e recuperação de Mayke acirram disputas nas laterais do Cruzeiro

Diogo Barbosa e Mayke são as grandes esperanças do torcedor celeste para as laterais do Cruzeiro

A contratação do lateral-esquerdo Diogo Barbosa e a recuperação física do lateral-direito Mayke são esperanças do Cruzeiro para a melhoria do rendimento da posição no elenco de 2017. Além da qualidade de cada jogador, o clube acredita que os outros atletas do setor vão evoluir durante a temporada, até mesmo em função da concorrência pela titularidade. A Raposa também tem à disposição os canhotos Bryan e Edimar e os destros Ezequiel e Fabiano - este último podendo ser envolvido em negociação com o Palmeiras.

Como a pré-temporada começou nessa segunda-feira e a estreia no Estadual será apenas no dia 29 - domingo, às 17h, contra o Villa Nova, no Mineirão - é muito cedo para esboçar possíveis titulares. Contudo, não é mistério que a busca do Cruzeiro por Diogo Barbosa, ex-Botafogo, ocorreu a pedido de Mano Menezes. O treinador celeste observou bastante o jovem de 24 anos, principalmente nos confrontos de sua equipe contra o alvinegro carioca, por Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

O estilo de jogo de Diogo - autor de dois gols em 26 partidas no último Brasileiro - agrada a Mano. “É um jogador que tem características que gosto de lateral. Tem bom passe, boa passagem e bom acabamento de jogada, o que considero primordial”.

O treinador, entretanto, não fechará as portas para Bryan e Edimar, que jogaram no ano passado e alternaram bons e maus momentos. “Podemos melhorar Edimar, que está no segundo ano, chegou na metade do ano (2016). Podemos melhorar o Bryan, menino que veio do América. Não podemos abandonar um porque chegou outro, que também pode ter dificuldades”.

No lado direito, a expectativa é que Mayke se fortaleça fisicamente e não sofra com tantas lesões em 2017. No ano passado, o prata da casa foi prejudicado por quatro problemas musculares e uma reação por estresse na tíbia direita. Contando todo o tempo de recuperação, foram quase seis meses no departamento médico. Dentro de campo, o lateral disputou apenas 14 dos 66 jogos do Cruzeiro em 2016.

O técnico Mano Menezes confia que Mayke tem condições de dar a volta por cima e apresentar o futebol do bicampeonato brasileiro, entre 2013 e 2014. “Temos expectativa com o Mayke e queremos que ele volte a jogar o futebol que tinha. Vem treinando normalmente, é o primeiro passo para criar essa expectativa. Vimos de perto em 2013 e 2014”, observou o comandante.

No Campeonato Brasileiro de 2013, Mayke revezou a titularidade com Ceará, mas o bom rendimento lhe proporcionou a Bola de Prata, prêmio oferecido pela Revista Placar aos destaques da competição. Em 22 partidas, ele marcou dois gols e deu cinco assistências. Em 2014, Mayke não ganhou nenhuma condecoração individual a nível nacional, mas continuou bastante participativo. Considerado um lateral especialista em buscar a linha de fundo, ele deu oito assistências em 30 apresentações na Série A.

As outras alternativas para a lateral direita são Ezequiel e Fabiano. O primeiro fez 12 partidas pelo Cruzeiro no Brasileiro de 2016 e marcou um gol. O segundo disputou 11 jogos no primeiro semestre (Campeonato Mineiro e Primeira Liga) e deu duas assistências. Posteriormente, foi emprestado ao Palmeiras, onde ganhou notoriedade ao assinalar o gol do título do Brasileiro, na vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense, pela 37ª rodada da competição.


495 visitas - Fonte: Superesportes


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Mineiro

S&# - 16:00 - Mineirão - .
Atlético Mineiro
Cruzeiro

Último jogo - Campeonato Mineiro

Seg - 20:00 - Parque do Sabiá
Uberlandia
2 2
Cruzeiro

Classificação